Justiça concede incidente de sanidade mental e suspende processo contra Adelio Bispo

,

Foto: Reprodução / CP
A defesa do agressor confesso do candidato à Presidência pelo PSL Jair Bolsonaro informou, na noite de hoje, que a 3ª Vara Federal de Juiz de Fora suspendeu o processo principal contra Adélio Bispo de Oliveira, que se baseia na Lei da Segurança Nacional.
De acordo com o advogado gaúcho Marco Mejía, que representa o pedreiro, a Justiça concordou com a abertura de um incidente de sanidade mental. Com isso, até a avaliação médica e clínica de Adélio, a tramitação do processo acusatório fica suspensa.
O objetivo da defesa, segundo Mejía, é o de que o cliente possa receber tratamento psiquiátrico. Caso isso ocorra, uma eventual pena se torna mais branda, podendo ser cumprida em um manicômio judicial, em vez de em uma penitenciária.

0 comentários:

Postar um comentário