Daniel Coelho chega ao PPS, enfraquece Câmara e dá “tapa de luva” em Betinho e Elias

,

Daniel Coelho, Elias Gomes e Betinho Gomes. Foto: Reprodução.

Atualmente, a legenda é da base do Governo Paulo Câmara, entretanto, com a chegada do parlamentar – que assumiu na semana passada a comissão provisória estadual – o PPS deve deixar a Frente Popular de Pernambuco.O deputado federal, Daniel Coelho, confirmou nesta segunda-feira, dia 2, sua saída oficial do PSDB para entrar no PPS.
No último ato do “Pernambuco Quer Mudar”, Daniel Coelho esteve presente em Caruaru, no Agreste, e tudo indica que o seu novo partido deve fortalecer o projeto de oposição ao Palácio do Campo das Princesas.
Nos bastidores, fala-se que Coelho deu uma “tapa de luva” no deputado federal Betinho Gomes (PSDB) e no ex-prefeito de Jaboatão, Elias Gomes (PSDB), ambos, pretendiam se filiar a legenda com o apoio da executiva estadual.
No entanto, diante da crise instaurada no Diretório Regional do PPS e com o apoio do presidente nacional do partido, Roberto Freire, Daniel Coelho ascendeu a presidência da legenda.
Com a intervenção da Executiva Nacional do PPS em Pernambuco, deixaram o partido o Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, seguido do presidente do diretório estadual, Manoel Carlos e do presidente do diretório municipal de Recife, Felipe Ferreira Lima.
Quem assumiu o PPS em Recife foi a então vice-presidente Vera Lopes. Manoel Carlos já era vice-presidente do diretório, tendo assumido após a saída da então presidente, Débora Albuquerque.
Com a saída do grupo de Jungmann, aliado do governador Paulo Câmara (PSB), o caminho natural é de que o PPS desembarque da Frente Popular, acrescido da provável aliança do PSB com o PT, este último adversário histórico do PPS, que foi um dos principais defensores do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).
NOTA DE DANIEL COELHO 
“Um passo à frente e você não está mais no mesmo lugar’, disse, duas décadas atrás, o músico pernambucano Chico Science, apontando não apenas o óbvio, mas o necessário: o mundo está em constante transformação. E muitas vezes é preciso ter coragem para sair da zona de conforto e mudar.
Hoje, deixo o PSDB para me filiar ao PPS. Junto com jovens idealistas, com aqueles que fazem e fizeram o partido, além de movimentos de renovação da política como Agora, Livres, RenovaBR e Acredito, estamos construindo a transição para uma nova legenda. Com novo nome, renovada em ideias, práticas e processo democrático.
Em congresso nacional, o partido já deliberou pela sua renovação e mudança de nome, a ser concretizada nos próximos 30 dias. A proposta já apresentada para que o partido passe a se chamar Movimento 23 está em curso de implementação.
Nossos compromissos com a pauta ambiental, o direito dos animais, a ética, o combate à corrupção, uma economia mais liberal e com menos interferência estatal, o apoio ao empreendedorismo, defesa intransigente da democracia, respeito à diversidade e às liberdades individuais e o combate a qualquer tipo de preconceito ou discriminação continuarão sempre a nos guiar como princípios em nossa atuação política.
Venha você também fazer parte deste movimento que busca integração da sociedade com a boa política.

0 comentários:

Postar um comentário