Direito de resposta do ex- prefeito Marcelo Pereira sobre o caso dos combustíveis em São José do Belmonte

,
Após reportagem divulgada no Portal da Prefeitura de São Jos e do Belmonte e copiada por este site, o ex prefeito Marcelo Pereira se manifestou pedindo direito de resposta.

NOTA DE MARCELO PEREIRA
“O cidadão belmontense e Ex-prefeito de São José do Belmonte-PE, Sr. Eugênio Marcelo Pereira Lins, diante da mentira constante da matéria divulgada no site oficial da Prefeitura de São José do Belmonte, no link (clique aqui), difundido por vários outros meios de comunicação da região, vem por meio deste, com base no Art. 2º da Lei Federal nº 13.188, de 11 de novembro de 2015, que dispõe sobre o direito de resposta ou retificação do ofendido em matéria divulgada, publicada ou transmitida por veículo de comunicação social, requerer o direito de resposta com vista a restabelecer a verdade dos fatos, nos termos abaixo.
Segundo a matéria jornalística, a atual gestão administrativa de São José do Belmonte-PE, teria promovido uma economia de mais de R$ 1,7 milhão em combustíveis, na comparação dos gastos do ano de 2017, primeiro ano de sua gestão, com o ano de 2016, último ano em que estive a frente da gestão municipal, visto que supostamente em 2016 os gastos com combustíveis teria sido de mais de R$ 2,6 milhões.
Que pese afirmação acima, a mesma não passa de uma acusação leviana, fantasiosa e mentirosa, com nítido interesse escuso, visto que no ano de 2016, o total de gastos com combustíveis, lubrificantes e filtros, ou seja, três itens essenciais ao funcionamento de motores movidos a combustível fóssil, cingiu-se a R$ 1.391.061,99, adquiridos juntos aos fornecedores: Verdejante Comercial Ltda (CNPJ 41.057.571/0003-01), e Máxima Comércio Varejista de Combustíveis Ltda (CNPJ 08.775.275/0001-09), para atender toda a frota de veículos pertencentes ao município, conforme consta no site do Tribunal de Contas de Pernambuco – TCE, mais especificamente na aba Tome Conta (impresso abaixo), acessível por todo e qualquer cidadão, para aferir a verdade dos fatos.

Assim, parafraseando o grande líder mundial Nelson Mandela: “a honra pertence àqueles que nunca desistem da verdade, mesmo quando as coisas parecem sombrias e austeras”, razão pela qual venho restabelecer a verdade dos fatos, com vista a proteger minha honra, meu nome, minha imagem, de um gestor probo, honesto e sensato.
Estive a frente a gestão municipal por 04 (quatro) anos, e, ao sair, o fiz com a cabeça erguida e alma tranquila, na certeza que fiz o meu melhor em prol do povo de São José do Belmonte-PE.

Ao deixar a gestão em 31/12/2016, deixei nas contas do município (Prefeitura, Saúde e Assistência Social) a singela importância de R$ 3.437.734,00 (três milhões, quatrocentos e trinta e sete mil setecentos e trinta e quatro reais), comportamento esse sensato, facultando ao novo gestor recurso arrecadados durante a minha gestão, para continuar os serviços públicos essenciais.
Não fosse apenas isso, deixei o município dotado de um novíssimo hospital municipal, escolas recém reformadas, material didático, ambulâncias novas, veículo do transporte da carne novo, folha de pagamento em dia; etc.
Feito esses esclarecimentos, resta comprovado que a matéria publicada pelo atual gestor contém mentiras que atingem minha honra, o que enseja a necessidade de se reestabelecer a verdade dos fatos, razão pela qual aguardamos a publicação na íntegra do presente direito de resposta, em respeito ao disposto na Lei Federal nº 13.188/2015, ao passo que informo que estarei tomando as medidas jurídicas cabíveis a fim de reparar os danos (e proteger) a minha honra.
Eugênio Marcelo Pereira Lins
Ex-prefeito de São José do Belmonte-PE

0 comentários:

Postar um comentário