O exemplo de Geraldo Julio para o governador Paulo Câmara

,
O exemplo de Geraldo Julio para o PSB
Nas eleições de 2016 o prefeito Geraldo Julio começou atrás nas pesquisas, cujos levantamentos colocavam João Paulo na dianteira em condição de empate técnico com gestor. Apesar de fazer uma gestão positiva, Geraldo enfrentava no período pré-eleitoral relativa dificuldade. Porém bastou a campanha propriamente dita começar que a situação se inverteu. Com o guia, Geraldo cresceu e por muito pouco não liquidou a fatura na primeira etapa.
Geraldo Julio fez entregas importantes como o Compaz, as Upinhas, o Hospital da Mulher, e precisou a eleição começar para que o eleitorado identificasse que o melhor caminho era a continuidade da sua gestão. Mesmo tendo ido ao segundo turno, o prefeito em nenhum momento da campanha chegou a ter sua reeleição ameaçada, uma vez que na segunda etapa ele foi reeleito com a maior votação de um prefeito da história do Recife.
Geraldo pegou os cacoetes da política e surpreendeu não só como gestor, que conseguiu realizar uma exitosa gestão na capital pernambucana, mas principalmente na política, sendo quase uma unanimidade na sua base governista da Câmara Municipal do Recife. Este exemplo de Geraldo poderá servir ao governador Paulo Câmara na busca pela reeleição em outubro.
Esta parceria entre Geraldo e Paulo, se for cada vez mais levada para a política, poderá dar ao governador uma chance de repetir o êxito do prefeito nas eleições de outubro. Vale salientar que há um reconhecimento generalizado da classe política em relação ao governador Paulo Câmara que trata-se de uma figura decente, trabalhadora e empenhada em cuidar de Pernambuco, e por isso mesmo com as dificuldades enfrentadas pelo gestor, muitos desejam ficar com a sua reeleição, demandando apenas que sejam realizados pequenos ajustes de ordem política para garantir a hegemonia do PSB em Pernambuco. Do blog Edmar Lyra

0 comentários:

Postar um comentário