Fotos enviadas por leitores ao Farol de Notícias

Na manhã desta ultima sexta-feira (18), bandidos armados explodiram um carro forte da empresa Preserve que seguia pela PE-365, entre o estabelecimento conhecido como ‘Bar do Grilo’ e a Vila Jatiúca, distrito de Santa Cruz da Baixa Verde, a cerca de 15 km de Serra Talhada. O crime teria acontecido por volta das 11h e deixou pelo menos uma vítima fatal.
Policiais militares do 14º Batalhão da Polícia Militar de Serra Talhada e Triunfo se deslocaram até o local. Segundo as primeiras informações, a quadrilha era composta por cerca de 12 homens que atacaram o carro forte em duas caminhonetes.
Um dos moradores da região, identificado apenas como Ivonildo, que teve o irmão Ivonaldo tomado como refém pelos bandidos, deu detalhes de como a abordagem aconteceu, através de João Duque Filho (o Duquinho).
“Um morador meu, o Ivanildo, entrou em contato comigo e relatou que eram dois carros, um ficou atrás do carro forte e o outro mais em cima, que fechou a estrada. Começaram a troca de tiros dos dois carros para cima do carro forte, ele contou que ouviu uma explosão. E o Ivonaldo Barbosa da Silva foi sequestrado pelos bandidos que desceram em direção a Jatiúca. Um motorista de um caminhão carregado com lenha ia subindo também levaram junto. Pouco tempo depois soubemos que o Ivonaldo conseguiu fugir, pulando da caminhonete durante o trajeto”, disse Duquinho.
De acordo com a Polícia Militar, em contato com o FAROL DE NOTÍCIAS, foram deslocadas equipes do GTA e Bepi, que conseguiram apreender as duas caminhonetes, junto com armamento pesado utilizado na ações. Entre os materiais estão fuzis e munição, porém nenhum suspeito do assalto foi preso até agora. Neste exato momento, equipes da Ciosac estão no meio da caatinga em perseguição a quadrilha.
A reportagem do FAROL também conversou com o Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães (Hospam), que através do setor de emergência, confirmou a morte de um dos envolvidos.
O homem, foi identificado como Luis Carlos Pereira Lima, morador de Jatiúca, que trabalhava como motorista do caminhão de lenhas e foi levado pelos bandidos como refém durante a fuga.

Compartilhe isto: