Belmontense acusado de homicídio é assassinado em Brejo Santo-CE

,

Ele era natural de São José do Belmonte (PE) e residiu no Sítio Lagoa da Extrema




Mais uma vítima de homicídio no Sítio Lagoa do Mato na zona rural de Brejo Santo num curto intervalo de uma semana. Por volta das 17 horas desta sexta-feira o agricultor Cícero Francisco da Silva, de 35 anos, que era apelidado por “Nelson” e morava naquela localidade, foi morto com cinco tiros de revólver. Ele caminhava pela CE-397 rodovia estadual que liga os municípios de Brejo Santo e Porteiras quando foi atocaiado por dois homens numa motocicleta.

O crime aconteceu perto da lombada eletrônica nas imediações da Escola CERU no Sítio Lagoa do Mato e Nelson morreu no local. Alguns disparos foram efetuados à queima roupa e devem ter sido os últimos quando a vítima já se encontrava caída no solo. Ele era natural de São José do Belmonte (PE) e residiu no Sítio Lagoa da Extrema naquele município onde, no dia 23 de agosto de 2008, cometeu um crime na localidade.

Este foi o segundo homicídio do mês de abril em Brejo Santo e o terceiro do ano no município. O último tinha ocorrido no mesmo Sítio Lagoa do Mato na manhã de sábado, dia 15, tendo como vítima o sindicalista Luís César Santiago da Silva, de 39 anos, que foi morto a tiros. O crime aconteceu na chamada Estrada do Trevo e "Cabeça do Sindicato" integrava o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplanagem (Sintepav-CE). 

DO BELMONTEDIÁRIO COM INFORMAÇÕES DO MISERIA 

0 comentários:

Postar um comentário