“Vamos resistir”, diz Lula a Sílvio Costa

,
O ex-presidente Lula (PT) declarou ao deputado e vice-líder da oposição na Câmara Federal, Sílvio Costa (PTdoB), que considera importante a construção de uma frente de partidos, iniciada em Pernambuco, que visa a enfrentar as reformas do governo Michel Temer (PMDB) que atingem profundamente a segurança e organização dos trabalhadores.
Pré-candidato ao Senado, Sílvio Costa (PTdoB) participou de um seminário, como convidado, na última semana, em São Paulo, realizado pela Executiva Nacional do PT, quando – na ocasião – conversou longamente com o ex-presidente Lula sobre os cenários políticos nacional e de Pernambuco.
Sílvio Costa comunicou ao ex-presidente que está participando de um diálogo permanente com o PT, PDT e PCdoB buscando construir uma frente política com o objetivo de defender os direitos dos trabalhadores no Congresso Nacional. Um primeiro exemplo dessa unidade já se configurou no processo de votação da Terceirização, na Câmara dos Deputados, quando Sílvio Costa, Wolney Queiroz (PDT) e Luciana Santos (PCdoB) votaram contra o projeto que acabou sendo aprovado.
"O ex-presidente Lula gostou da articulação e ressaltou que seria muito importante reproduzir essa frente nos 26 Estados da federação e no Distrito Federal para fortalecer a defesa dos trabalhadores contra as propostas do governo que querem tirar direitos adquiridos historicamente pelo povo brasileiro", revelou Sílvio Costa.
O vice-líder da oposição na Câmara saiu convencido que o ex-presidente Lula será, mais uma vez, candidato a presidente da República. "Por mais que setores do Judiciário queiram torná-lo inelegível, não vão conseguir", destacou Sílvio a sua convicção. O deputado aproveitou o encontro para comunicar ao ex-presidente Lula que, no próximo dia 3 de maio, vai estar em Curitiba, no Paraná, para acompanhar o depoimento que ele dará ao juiz Sérgio Moro. Blog do Magno

0 comentários:

Postar um comentário