Em Serra Talhada, deputados rotulam Sebastião Oliveira de ‘pavão’

,
Fotos: Arthur Marrocos/Alejandro García/Farol de Notícias
A plenária do bloco de oposição ao governador Paulo Câmara, na Assembleia Legislativa, reuniu mais de 500 pessoas que acabaram lotando o auditório da Câmara de Vereadores de Serra Talhada, nessa quinta-feira (30). O evento denominado de “Pernambuco de Verdade”, contou com as presenças dos deputados estaduais Silvio Costa Filho (PRB), Álvaro Porto (PSD), Júlio Cavalcanti (PTB), Socorro Pimentel (PSL), Augusto César (PTB), Ossesio Silva (PRB) e Priscila Krause (DEM).
Durante o encontro foi possível perceber que o tom da campanha de 2018 já está posto, visto que os discursos dos deputados buscaram colocar em xeque a capacidade administrativa do governador Paulo Câmara, principalmente em relação ao combate a violência e ao cumprimente de promessas de campanha.
A metralhadora giratória da oposição não poupou nem mesmo o deputado federal licenciado e Secretário de Transporte, Sebastião Oliveira (PR), que foi taxado por Álvaro Porto como “pavão” e como “secretariozinho”  por Júlio Cavalcanti.
Entre os principais problemas encontrados pelo bloco em Serra Talhada, a falta de um IML e de uma Delegacia da Mulher no município, a paralisação das obras do Corpo de Bombeiro e da Faculdade de Medicina (UPE). O distrito industrial e as obras de saneamento do Mutirão também entraram na pauta, além dos relatos sobre os serviços deficitários no HOSPAM e UPA-E.
Vários populares usaram a tribuna para externarem suas insatisfações contra o governador do estado. No final do encontro o grupo recebeu das mãos do estudante da FAFOPST, Cícero Oliveira, um documento que expõe os problemas enfrentados pela instituição com os cortes de bolsas do PROUPE, feitos por Paulo Câmara.
Segundo o deputado Augusto César, o Pernambuco de Verdade na cidade cumpriu a sua função. “O encontro foi muito positivo. Estivemos in loco verificando as obras inacabadas e também podemos ouvir e ver a insatisfação da população com o atual governo”, concluiu o deputado serra-talhadense.

0 comentários:

Postar um comentário