Preso suspeito de matar esposa de vereador no Sertão; em seguida confessa mandante

,

f3021cc9-201a-4cec-b048-d1e4f72124d7
Acaba de ser preso o suspeito do homicídio contra Érica de Souza Leite, de 30 anos, esposa do vereador eleito e odontólogo Marcílio Pires.
O homem ainda não teve a identidade revelada e está sendo levado por policiais para a Delegacia de Polícia de Tabira, no Sertão do Pajeú. Ele foi capturado por policiais militares com apoio da Polícia Civil, Guarda Municipal e populares que ajudaram nas buscas.
O acusado foi encontrado próximo ao Sítio Oitis, no caminho de Solidão. Um esquema de segurança está sendo montado para evitar que ele seja linchado. Agora, além de confirmar sua identidade, a polícia quer saber a motivação do crime.

Após ser preso, no início da tarde de hoje, Zé Galego, autor do crime da esposa do vereador eleito pelo PDT de Tabira, Marcílio Pires, confessou a barbárie e reconheceu a mandante do assassinato. Segundo informações da polícia, o acusado afirmou que a senhora Sílvia Patrício (foto), conhecida como Paquita, foi a mandante da morte de Érica Paula de Souza Leite, a Paulinha, de 30 anos. Silvia já está na delegacia e aguarda ser interrogada sob custódia da Polícia Civil. Érica foi assassinada hoje pela manhã em Tabira quando regressava de uma academia de ginástica para sua casa. Sofreu vários golpes de faca. O crime abalou a cidade. Farol de noticias/blog do Magno

0 comentários:

Postar um comentário