Assaltantes amarram e sequestram caminhoneiro em Serra Talhada levando combustível, 16 pneus e R$ 3.500

,
03-sequestro-2-dr
Mais um caminhoneiro foi vítima da ação de bandidos em Serra Talhada. Um grupo de criminosos armados roubou, na madrugada do último sábado (22), um motorista que vinha de São Paulo e havia estacionado, a 1h da manhã, num posto de gasolina que fica próximo ao trevo que dá acesso ao município de Floresta, na BR-232.
Ao FAROL, a Polícia Civil relatou que os assaltantes abordaram o caminhoneiro no momento em que ele descansava. Na ação, os criminosos amarraram e amordaçaram a vítima e seguiram no veículo dele para uma estrada vicinal, onde lá roubaram 16 pneus da carreta, combustível, R$ 3.500 em dinheiro e até uma das portas da cabine do caminhão.
O caso foi registrado na Delegacia como roubo com restrição de liberdade. A polícia informou que o motorista foi abandonado na caatinga durante a madrugada, conseguiu livrar-se das amarras e pediu ajuda após localizar uma rodovia próxima do local onde havia sido deixado.
HISTÓRICO DE CASOS EM ST
No mês passado, assaltantes sequestraram um comerciante no bairro Bom Jesus e o abandonaram na BR-116, no interior da Bahia, levando dele R$ 1500. Em agosto, um caminhoneiro também foi alvo da ação de um grupo de assaltantes na BR-232 em Serra Talhada, que o abordou na madrugada levando uma carga estimada em mais R$ 100 mil.
Em julho, a delegacia local registrou mais um caso de sequestro com restrição da liberdade da vitima, às 6h30 da manhã, no bairro São Cristovão. Em abril, ocorreu outro caso de sequestro com restrição de liberdade da vítima quando um estudante do curso de Administração da Uast/UFRPE passou momentos de apreensão em posse de criminosos no bairro da Cagep.
Dias depois, também no mês de abril, um faturista de 30 anos foi interceptado na estrada que liga Serra Talhada ao distrito de Logradouro, na zona rural, e ficou em posse de homens armados por cerca de duas horas. Ainda, em abril, a polícia registrou outro caso de roubo com restrição de liberdade na zona rural, onde um empresário de Serra Talhada ficou refém de bandidos quando ia passar o fim de semana numa chácara da família no sítio Cedro.

0 comentários:

Postar um comentário