Paulinho Novaes vem a público esclarecer episódio que envolve seu nome na festa da cavalgada em São José do Belmonte

,




Venho declarar, através desta nota, minha resposta as postagens infames e maldosas que foram apresentadas sobre mim e a respeito do meu caminhão no dia de hoje.
Em primeiro lugar quero dizer que meu caminhão nunca prestou serviços à prefeitura de São José do Belmonte, como nota publicada neste site, em percorreu nas redes sociais que meu caminhão atrapalhou o acesso das famílias belmontenses ao sítio histórico da pedra do reino, mas esta é outra inverdade, pois o meu caminhão teve problemas sim mas, estava fora do trafego dos carros e tenho prova disto, por exemplo, pessoas que me ajudaram e um vídeo que mostra os carros passando ao lado do caminhão; infelizmente a fila que se formou foi em decorrência dos carros que estavam a frente não conseguirem subir a serra por causa da terra solta.
A nota vinculada afirmava:” o impressionante é que este caminhão, parado propositalmente, não comprometeu a chegada do candidato da situação, seu prefeito, seu deputado e seus aliados”, mas só esclarecendo o prefeito Marcelo Pereira, por si tratar de uma cavalgada, foi a cavalo, o deputado Rogério Leão a quem ele se refere, infelizmente não pôde estar no evento, por ter compromissos parlamentares no recife, e os demais que lá chegaram foi porque conseguiram subir, mesmo com as dificuldades da estrada, dificuldades estas que de maneira nenhuma teve haver com meu caminhão.
Muitos de maneira medíocre aproveita-se, de uma situação pontual para difamar e denegrir minha imagem pessoal e política, mas eu não estava a serviço de política alguma, estava sim a serviço da associação cultural da pedra do reino e de maneira voluntária como faço todos os anos, e como membro da associação o que mais quero é o sucesso da festa, que é feita com muito trabalho e carinho para todos.
Meu muito obrigado a todos que me ajudaram e me apoiaram e aos que me criticaram, sem ter comprovação da verdade, aconselho terem mais responsabilidade no que postam pois calunia e difamação configura-se crime.
PAULINHO NOVAES

Um comentário: