JULGAMENTO DO IMPEACHMENT É POLÍTICO !

,

Muitos analistas e principalmente a grande mídia vem falando que o fundamento jurídico do pedido de impeachment foi a questão das “pedaladas fiscais”, e que portanto a Presidente Dilma teria praticado crime de responsabilidade, razão pela qual do pedido de impedimento para prosseguir como seu mandato.

Todavia, o que a grande mídia (Globo principalmente) não informa é que, na verdade, quando os deputados foram julgar se o processo deve seguir adiante ou não,  o julgamento será exclusivamente político. Ou seja, nenhum deputado fundamentará sua decisão juridicamente, mas sim, e como já dito, politicamente.  Com certeza, a fundamentação mais ouvida na hora em que o Dep. Federal for declarar seu voto de julgamento será: PELA DEMOCRACIA E PELO FIM DA CORRUPÇÃO, VOTO SIM !

A grande questão, em verdade,  a ser respondida com IMPEACHMENT será: você está gostando do governo Dilma ? Ou de outra forma, para os mais radicais e incautos de direita: você está gostado do governo da “cúpula” do PT ?  Sim, governo da cúpula do PT, pois, ao contrário dos que gostam de fundamentações superficiais e infantis, nem todos os filiados do PT são corruptos.

Então, caros leitores, depois que o processo de impeachment é aberto, o fundamento jurídico pouco importa: vai para o saco de lixo !

O que vale são os interesses políticos que estão em jogo, e na política brasileira, infelizmente, já somos bastantes maduros para saber que os senhores Deputados  Federais pouco estão ligando para o que o povo pensa, se o que o povo pensa contrariar seus interesses !

Boa sorte a todos, pois a grande mídia vai “botar furando” em todos nós, seja para defender o impeachment  ou  contra o processo.


Adote sua posição, mas seja consciente: se você acha que a lei deve prevalecer, observe os fundamentos jurídicos; ao contrário, se você acha que a vontade política (a favor ou contra) deve prevalecer, pressione seu deputado para votar de acordo, se não ele vota de acordo com os interesses particulares dele.

Um comentário:

  1. É um absurdo estarem cogitando essa ideia de impeachment contra uma pessoa democraticamente escolhida e sem fundamentos de acusação relevantes, e deixar um crápula como o deputado CUNHA à frente da câmara... só no Brasil mesmo. Percebi tambem que muita gente apoia a saída da presidente devido a crise que vivemos. Pessoal, isso não resolverá nada, pode é agravar a crise com a entrada de uma nova equipe de corruptos, todos ávidos de dinheiro, cargos, distribuição de poder. Vamos apoiar Dilma, apesar das críticas que fazemos a ela, ela tem o direito de lutar no tempo dela para melhorar o país.

    ResponderExcluir