“Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir.” (Salmos 32:8)

,
O mundo é um campo minado, infestado de perigos e surpresas. Ninguém sabe o que vai acontecer no amanhã. Como tomar decisões certas? Como saber se o caminho que estou andando está correto?
Você não tem ideia de quantos demônios estão à sua volta, à sua procura. Você não pode vê-los; você não sabe quando atacarão! Não pode imaginar qual pessoa está maquinando o mal contra você, forjando um plano sujo contra a sua vida! Você não sabe se está sendo traído por amigos ou por entes queridos! Não temos a capacidade de prever essas coisas.
Estamos cercados de confusões e diversos caminhos sinuosos a escolher. Como saber que passo dar, em quem confiar? Como não ser pego de surpresa nesse mundo tenebroso; como antecipar o passo do inimigo; como prevenir o levante de pessoas malignas? De que maneira, nessa era cibernética, apóstata, sem afeição e apocalíptica poderemos prevalecer?
Não existem instituições confiáveis, organizações honestas, entidades justas! Não há a quem recorrer, tudo se tornou um deserto imenso, vasto, repleto de ilusões e armadilhas!
Como o crente sincero e piedoso pode prevalecer?
Nosso soberano Deus não deixará nosso pé vacilar! Ele fez uma grandiosa promessa para esses tempos: “Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir” Ele nos guiará por esse campo minado! Ele dirigirá cada passo nosso e trará à luz tudo o que está por vir. O Senhor antecipará o passo do inimigo contra nossas almas! Ele prometeu conduzir Seu povo em meio à escuridão.
Talvez você esteja muito confuso e, nesse exato momento, não sabe o que fazer. Essa é a direção para sua vida: vá até Deus em oração, invoque Sua santa presença, busque auxílio em Sua Santa Palavra, pois Ele seguramente te responderá!
Não se preocupe; apenas lance sua fé no Senhor, confie em Sua bendita Palavra! Creia que, como o guardião de Israel, Ele atravessará todo esse campo minado de mãos dadas conosco, porque é certo que ninguém prevalecerá contra Sua Igreja!
No amor de Cristo,
Paulo Junior

0 comentários:

Postar um comentário