Ex-prefeito de Verdejante condenado à mais de 5 anos de prisão

,
O juiz da comarca de Verdejante-PE, Flavio Krok Franco, julgou e condenou o ex-prefeito desta cidade, Francisco Tavares, a cinco anos e 10 meses de reclusão e três anos de detenção, bem como pagamento de 63 dias/multa, cada uma no valor de um salário minimo vigente a época do fato. 

Fica ainda obrigado a restituir todos os valores recebidos pela contratada devidamente atualizada, bem como inabilitado pelo prazo de 5(cinco) anos para o exercício de cargo ou função publica, eletivo ou de nomeação. 

Este processo (de número 0000021-26.2008.8.17.1560) trata da denúncia do Ministério Público Estadual contra Francisco Tavares e Maria Auxiliadora da Silva contratada irregularmente pelo prefeito e nomeada através de portaria falsa no cargo de Agente Administrativo no ano de 2001. 

Cassado pelo TSE em 2007 o ex-prefeito tem seu nome constantemente envolvido em atos de irregularidades, tendo inclusive este ano suas contas referentes ao ano de 2004 reprovadas pela Câmara de Vereadores do município atendendo recomendação do TCE. 

SERTAOCENTRAL.COM

0 comentários:

Postar um comentário