IML Recife inicia hoje identificação de vítimas de tragédia

,

Foto: Lupércio Moraes, cedida ao blog
Foto: Lupércio Moraes, cedida ao blog do nill Junior
Amostras de DNA deverão ser recolhidas para possibilitar a identificação. Mas não há previsão de conclusão
Segundo o Diário de Pernambuco, os corpos das seis vítimas do grave acidente registrado na PE-320, entre os municípios de Carnaíba e Flores, no Sertão de Pernambuco, na noite desse domingo, já estão no Instituto de Medicina Legal do Recife para a realização da perícia.
Nesta terça-feira, as amostras de DNA deverão ser recolhidas para possibilitar a identificação dos mortos. Ainda não há previsão de quando o laudo será divulgado.
O motorista de um Fiat Uno branco, que seguia no sentido Carnaíba/Flores, perdeu o controle do veículo, derrapou na rodovia, capotou e bateu em uma caminhonete S-10. O acidente resultou em explosões nos veículos. Todos os ocupantes dos dois carros morreram carbonizados.
Última foto: nas redes sociais, circula a última foto da jovem Maysa Siqueira, 21 anos, uma das vítimas da tragédia. Foi feita horas antes, em evento no Aplauso Show
Última foto: nas redes sociais, circula a última foto da jovem Maysa Siqueira, 21 anos, uma das vítimas da tragédia. Foi feita horas antes, em evento no Aplauso Show
Segundo relatos de familiares de vítimas ao programa Rádio Vivo (Rádio Pajeú), com Anchieta Santos, o Fiat era guiado por Dionísio Pereira da Silva, 23 anos, comerciante, com loja em Custódia. Nele, viajavam também Maysa Siqueira, 21 anos e Jonathan Souza, funcionários da Playcel, loja localizada em Afogados da Ingazeira.
Os corpos ficaram carbonizados. O mesmo aconteceu com o motorista da S-10 identificado como José Luiz de Vasconcelos Júnior, o Júnior de Bico, 30 anos, residente no Sitio Capim Grosso de Carnaíba. Ainda há dúvidas sobre a presença de uma mulher e criança no veículo.
Os corpos foram encaminhados, inicialmente, para o Instituto de Medicina Legal de Caruaru, mas foram transferidos para serem identificados através de arcada dentária ou do DNA. Nill Junior

0 comentários:

Postar um comentário