Obras Paradas: Sebastião diz que destravou ‘esqueleto’ e manda recado para Augusto

,
corpo de bombeirosAs obras de construção da sede do Corpo de Bombeiros em Serra Talhada serão retomadas ainda este ano. Quem garante é o deputado federal licenciado, Sebastião Oliveira (PR), que confirmou, por telefone, a boa notícia para redação do FAROL. De acordo com o deputado, o governador Paulo Câmara alocou uma verba extra no valor de R$ 500 mil para que os trabalhos fossem reiniciados. Com a garantia do governador, Sebastião aproveitou para mandar um recado para o deputado Augusto César, que durante entrevista ao FAROL, anunciou que a bancada de oposição na Assembleia Legislativa (Alepe) estava com uma visita marcada para fiscalizar o abandono da obra.
“Pode avisar ao deputado Augusto César que não precisa mais gastar gasolina para visitar a obra do Corpo de Bombeiros, porque ainda esta semana será assinada a autorização para retomada dos trabalhos. Este é o segundo esqueleto que destravo em nossa cidade. O primeiro foi o Terminal Rodoviário. Acredito que até outubro a obra tenha recomeçado e até março do ano que vem deverá ser concluída”, revelou Oliveira.
Durante visita a Serra Talhada, quando da assinatura da ordem de serviço da Rodoviária, o governador Paulo Câmara sinalizou que a obra do Corpo de Bombeiros poderia ser retomada. Entretanto, coube ao deputado Sebastião Oliveira argumentar pelo recomeço de uma obra que deveria ter sido inaugurada em 15 de outubro de 2012. “Quando viajei com o governador, para Garanhuns, toquei neste assunto com ele, que de pronto me atendeu”.
PROVOCAÇÕES
Durante a entrevista, Sebastião Oliveira aproveitou para provocar o deputado Augusto César, quanto as fiscalizações anunciadas pelo bloco de oposição ao governo do PSB. “Ele (Augusto) deveria somar forças e fiscalizar o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) que está parado em Serra Talhada. Por que este equipamento não atende ao povo da nossa terra? Por que está parado? Portanto, o deputado não precisa gastar gasolina para resolver este assunto, pois já está resolvido”, finalizou Sebastião Oliveira. Farol de noticias

0 comentários:

Postar um comentário